Minha Infância Não Morreu! #1 - Bleach

Olá, queridos amigos leitores!

     A ideia de um novo quadro aqui no blog me veio repentinamente. Eu queria algo divertido, que buscasse na nossa imaginação uma coisa que sempre sentiresmos saudades: nossa infância. E, claro, se você ainda busca, ela pode durar muito e muito tempo. A minha, por exemplo, promete me acompanhar até os 120 anos, quando eu começar a trocar as palavras "bengala" com "banguela" na verdade eu já faço isso.
     Mas, enfim! O quadro Minha Infãncia Não Morreu é um espaço dedicado pra mostrar aos leitores de Inspirados um pouco sobre meus prazeres de infância que ainda perduram. E o foco de hoje será: quadrinhos!!

     Lembrando, pessoal. Não são coisas "de criança", e sim coisas que marcam a nossa infância. É bem diferente xD
     E o assunto de hoje é Bleach Mangá!




    
     Bleach traz a história de um jovem de 15 anos, Kurosaki Ichigo, cuja tragetória de vida não foi nada fácil. Desde muito novo, Ichigo tinha uma estranha habilidade: ele via gente morta. Com que frequência? Todo o tempo.
     Mas fantasmas não eram as únicas coisas que ele podia ver. Ele era capaz de enxergar os Hollows, almas perdidas que foram parar no Hueco Mundo. Eles se transformaram em criaturas decadentes e horrendas, sustentando uma máscara de ossos e vagando pelo mundo real em busca de reiatsu (energia espiritual) para se alimentarem.
     Foi uma dessas criaturas que matou a mãe de Ichigo, quando ele tinha sete anos. Sua vida, então, tornou-se um caos desde então. Precisou amadurecer cedo, cuidar das duas irmãs e relevar o pai infantil que não sabia lidar com uma família sem a presença de sua esposa. O garoto de cabelos alaranjados foi forçado a crescer. E mal sabia ele que esse caminho de amadurecimento iria transcender a vida corpórea.



     Sua vida muda drasticamente numa única noite, quando aparece em sua casa uma shinigami (ceifeira de almas - uma espécie de Dona Morte na cultura ocidental), com uma zampakutou (espada) euma reiatsu acima dos humanos, o que permitia poderes extraordinários.
     Kuchiki Rukia, a shinigami, ganha a amizade de Ichigo e, depois de uma noite turbulenta com um hollow faminto, a garota não vê outra solução, se não transferir seus poderes para o rapaz. Imediatamente ele se transforma num shinigami substituto, com direito a zampakutou e tudo mais! Desde o início, no entanto, Ichigo demonstrava uma reiatsu incomum para um simples humano. Singularidade que, ao longo da história, será revelada.
     Munido de sua zampakutou e uma força fora do controle, Ichigo vai precisar proteger Karakura, sua cidade natal, e se aliar aos seus amigos Orihime Inoue, Yasutora Sado e o misterioso Yruu Ishida. Juntos, ao lado de Rukia, vão viajar por muitos mundos do além, e enfrentar inimigos cada vez mais fortes para proteger a humanidade de forças sobrenaturais.


     A história de Bleach apresenta um novo universo fantástico de post mortem, e que, aqueles que foram fortes em vida, desenvolvem poderes após a morte e lutam em prol da humanidade. Claro, sempre haverá os guerreiros vis com desejos egoístas, e é aí que nascem (no caso, é aí que morrem) os maiores vilões.
     Além do mais, o mangá traz uma moral muito bacana sobre amizade e perseverança, além de ilustrações poéticas e aquela nossa preferida: um sorriso melancólico e pétalas de cerejeira embaladas pelo vento, com um céu rosado e toda aquela arte japonesa característica.
     Vale muito a pena conferir o mangá. Uma história original, com cenas de ação, humor e romance. Leiam, sei que vão gostar! xD



QUER PARTICIPAR?

Quer participar do quadro Minha Infância Não Morreu? envie um e-mail para inspirados-oandarilhodotempo@hotmail.com e compartilhe com o blog Inspirados aquilo que sempre te acompanhou, desde a sua infância, e que ainda não morreu! Pode ser um desenho, uma HQ, filme, livro, não importa! Divida com os leitores aquilo que fez a criança no seu passado sorrir que nem bobo xD

Grande abraço, pessoal! Espero que tenham gostado do post, e espero que participem também!

Fiquem na Paz!

14 inspirações:

  1. Pedro, não tenho costume de acompanhar magá, mas adoro animes. Estava acompanhando Bleach, mas acabei parando, nem lembro mais em que temporada eu parei de ver.

    Gostei da nova coluna. Estou curioso com o que vem mais por aí.

    Abraço!
    Restaurante da Mente

    ResponderExcluir
  2. Gostei muito da coluna, Pedro! Lembrar a infância, fazer perdurar a infância é realmente muito divertido! Acho que cada vez mais, as pessoas estão buscando esses prazeres. Meu tio-avô assistiu desenhos animados até morrer; Eu tenho o meu lado mais adolescente na literatura.
    Não conheço Bleach mas foi ótimo conhecer um pouco mais do mundo dos mangás. Tenho amigos que curtem muito, e por causa deles, só recentemente comecei a me interessar um pouco mais.

    Beijocas,

    Lu
    www.equinocioaprimavera.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. hahahahah, gostei.
    Eu tinha uma coluna do fundo do baú, que remete a livros que eu li quando era criança, mas acabei nunca mais postando nada, vou enviar e-mail.
    Bleach eu não conhecia, mas eu curto ler mangá, pena que não tenho tempo :(
    bjos

    jack do @Mybooklit

    ResponderExcluir
  4. Gostei da nova coluna ^^
    Amei, na verdade.
    Blech nunca me interessou... Incrível, porque até hoje acompanho outros mangás... Acho que porque, até onde sei, ele ainda não terminou, e pra mim, já basta-me Naruto como "mangá infinito" xD
    E quer saber?
    Acho que vou mandar minha contribuição para a coluna =P
    Abraços!

    ResponderExcluir
  5. Ah, o novo template do blog tá maravilhoso! *-*

    ResponderExcluir
  6. Cara... Acredita que sou descendente de japonês mas mesmo assim eu não sou muito chegada em animes, mangás ou doramas? Ç_Ç
    É meio deprimente, porque a maior parte das pessoas que conheço/com quem convivo são viciadas nessas coisas, e daí eu fico aquela cara de paisagem quando começam a falar de tal anime e eu não conheço HAAAAAAAHAHAHAH

    ResponderExcluir
  7. Dale Pedrão, adorei hahaha :D
    Quando fala no Japão, é comigo mesmo \õ/
    Amo tudo que é de lá U.U
    E comecei a assistir Bleach através da minha irmã (que acredite, é milhões de vezes mais viciada do que eu eu no Japão) que assistia direto hehe :D
    É realmente muito bom (;
    Ótima coluna, meus parabéns, é ótimo ver esse tipo de assunto criativo por aqui *_* hehe
    Sucesso SEMPRE, abração.


    Ewerton Lenildo – Academia de Leitura
    papeldeumlivro.blogspot.com
    @Papeldeumlivro

    ResponderExcluir
  8. Amei a coluna Pedro.
    Eu não sou muito boa para descrever essas coisas mais assim que pensar em algo vou participar com certeza.

    Beijos
    Leitora Incomum

    ResponderExcluir
  9. Gostei do novo layout do blog, Pedro. Passa lá no blog. Tem um selinho pra você: http://monisegabriely.blogspot.com/2012/01/selinho-1.html

    ResponderExcluir
  10. Olá :)
    Tô passando pra te mostrar o meu novo blog, http://artenarotina.blogspot.com
    Ele é uma forma de jornal virtual completamente voltado pra cultura; então vale a pena seguir e conhecer ótimas dicas de livros, filmes, músicas e artistas!
    De qualquer jeito, mt obg pela atenção.

    ResponderExcluir
  11. Esse novo quadro é muito bom,puro sentimento de nostalgia relembrar momentos da infância.
    Ótima idéia!
    Um abraço cara.

    Bruno
    http://oexploradorcultural.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Oi Pedro!
    Adorei essa ideia do novo quadro \o/
    Eu nunca fui muito de ler quadrinhos mas agora me interesso mais, acho que tive uma inversão, estou vivendo minha infância agora kkk
    De qualquer modo adorei seu texto, espero ver mais quadrinhos por aqui e aprender sobre o assunto.

    Beijos!
    Tati
    http://coracaoliterario.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  13. Nossa Pedro, estava vendo Bleach esses dias, acredita? Para mim, depois de Samurai Champloo, um dos melhores animes que tem!

    Ótima coluna nova que você fez, acho que mandarei um e-mail para você mais a frente quando decidir o que ainda faço/assisto quando o assunto é infância.

    Um beijão,
    Pronome Interrogativo.
    http://www.pronomeinterrogativo.com

    ResponderExcluir
  14. Depois de Naruto, nunca mais tive saco pra animes com muitas temporadas. Comprei o primeiro mangá de Bleach e achei muito legal, porém meu bolso não permitiu a compra do resto. Quem sabe um dia me animo e vejo o desenho, mas acho muito difícil.

    Legal esse seu lado otaku :D

    ResponderExcluir

Sua opinião = espinafre
Eu = Popeye
Spam = Brutus
~~
Fique à vontade, dê sua opinião, diga o que pensa, critique e elogie. Só não perca a chance de ser lido ou ouvido quando lhe for dada essa oportunidade! xD
Boa leitura, e vai pela sombra \o/

 
Base feita por Adália Sá | Editado por Luara Cardoso | Não retire os créditos